Manipule as Emoções ao Seu Favor

Publicado em Notícias, Pesquisas

Image: 0102461440, License: Rights managed, MODEL RELEASED. Woman holding her temples, conceptual artwork., Property Release: No or not aplicable, Model Release: No or not aplicable, Credit line: Profimedia-Red Dot, Sciencephoto RM

As Emoções Auxiliam na Programação e Criação da Vida

Nossos pensamentos são energia que emitem frequências conforme a emoção que sentimos. Werner Heisenberg, um dos pais da mecânica quântica, já afirmou que “o universo não é feito de coisas, mas de redes de energia vibracional emergindo de algo mais profundo e sutil”, o que corrobora a energia que emanamos por meio dos pensamentos.

Em Dakila Pesquisas está em andamento investigações lideradas pelo presidente Urandir Fernandes de Oliveira e seu grupo de pesquisadores sobre como podemos usar as emoções a nosso favor, moldando nossa vida por meio dos nossos pensamentos, desejo, vontade aliada as emoções. Se soubermos manusear todas as emoções que são o grande combustível humano, utilizando assim sua força como se fosse um dínamo, podemos transformar um pensamento em realidade. Desta forma iremos assumir o controle sobre nós mesmos e iremos transformar o nosso universo na vida que sempre desejamos.

Mantenha em mente que as emoções são a chave para o sucesso, o grande problema é que não sabemos como a administrar da forma correta, ao nosso favor. Além disso, a correria diária faz com que tenhamos pouco tempo para estudar e perceber as diferentes realidades que se descortina diante de nós. É preciso primeiro entender como funcionamos diante destes universos e nos certificarmos que por meio dos nossos pensamentos podemos construir ou destruir, triunfar ou fracassar.

urandir, urandir oliveira, dakila, dakila pesquisas, emocoes, poder das emoções, linha A B C, domine sua emocoes, galaxia, universo

Conforme os estudos em Dakila Pesquisas nossa mente funciona em três linhas básicas que são acionadas pelas emoções. Cada uma dessas linhas representa uma frequência ligada a uma emoção e a partir daí discorre uma sequência de informações.

Essas três linhas podemos intitular de A, B e C.

urandir. urandir fernandes de oliveira, dakila, dakila pesquisas, pesquisador urandir, raiva, emocoes, emoções, linhas A B CSendo que na linha A esta alinhada as emoções negativas, como a raiva, ódio, ciúmes, etc. e diz respeito ás nossas experiências passadas ou aquelas situações que não queremos para nós. Está ligada ao desejo, é aquela linha que vai dar forma para nossos pensamentos. Está ligada ao lado direito do cérebro, nosso lado racional e crítico. Portanto, ela é a vida que não queremos ter, a linha da ponderação, a linha do “se”…”Se eu ficar sem dinheiro, se eu perder o emprego…” Ao pensar assim não realizaremos nada, perderemos todas as oportunidades que venham aparecer na nossa vida.

urandir, urandir oliveira, dakila, dakila pesquisas, linha B, neutralidade, emocoes, emoções, universo, estrelas, celebridades, celebridadeNa linha B está a frequência neutra, aquela gerada pela energia vibracional (soma todas as demais frequências emocionais). É o equilíbrio entre as linhas A e B. A emoção ligada a esta linha é a energia da criação, o entusiasmo e a vontade de fazer. Aqui temos a vontade de realizar algo, ligada a capacidade de atrair e criar. Essa é a linha das pessoas que conseguem realizar seus projetos, que conseguem contornar suas dificuldades, as pessoas de sucesso.

urandir, dakila, dakila pesquisas, felicidade, emocoes, emoções, bebe feliz, linha C, linha A B C emoções, emoçãoPor fim, na linha C está a frequência das emoções positivas como a alegria, gratidão, esperança, etc. É a vida que desejamos, portanto é a linha dos sonhos e tem a ver com o pensamento. Está ligada ao lado esquerdo do cérebro, a intuição e a parte artística. Se ficarmos muito tempo nela estaremos sempre querendo algo e dificilmente iremos realizar.

O sucesso ocorre quando conseguimos nos manter sempre no equilíbrio entre as três linhas A B e C.

O pulo do gato é aprendermos a manusear todas essas linhas com suas gamas emocionais. Tendo a sensibilidade de perceber o exato momento em que sentimos algo e ter o conhecimento do que cada emoção representa já temos a ciência do tempo que devemos conciliar em cada emoção. Devemos saber o exato momento de saltar de uma “linha” para a  outra, e realizar na frequência neutra.

 

Como exemplo: se quisermos comprar um carro, a primeira coisa que devemos fazer é escolher o carro. Pensamos nele no momento em que a emoção forte vem em nossa mente por meio da linha C, a linha dos sonhos.

urandir, dakila, dakila pesquisas, carro dos sonhos, carro do futuro, domine as emoções, utilize as emocoes ao seu favor

Em seguida detalhamos o carro por meio do desejo que está na linha A, onde faremos todas as ponderações para a compra dele. É nesta linha que detalhamos o carro do nosso desejo e quanto mais detalhes colocarmos sobre o carro, melhor.  Ali colocaremos todas as ponderações para a realização desse desejo.

Na sequência por meio da linha B, na linha da criação, abrimos uma poupança para esta compra ou vamos a uma concessionária fazer um teste drive. Por fim, negociamos o preço do carro.

Agindo assim, conseguiremos administrar nossas emoções e criar o nosso universo da forma que quisermos.

Estas informações geradas pelas emoções são as nossas escolhas ou caminhos predestinados que plantamos antes. Como se fosse uma espiral do nosso DNA, cada uma destas linhas é independente, porém estão inter-relacionadas.

Em cada uma dessas frequências emocionais das linhas A, B ou C é acionado um destino – um conjunto de informações plantado resultante da nossa experiência de vida – na vida atual e em outras. Se a mente não é treinada, se torna suscetível a cada emoção acionada, causando uma grande confusão emocional e, por consequência surgem as variadas doenças.

Quanto maior e mais intenso sentirmos algo, maior será a possibilidade de obtermos o “carro” ou o qualquer outra coisa que desejarmos. Se por algum momento durante esse processo duvidarmos do resultado, é sinal de que nos deixamos dominar pela linha A, e então teremos que repetir toda a programação, começar todo o processo do zero.

O grande segredo é administrar as emoções. Admita o que você pensa e sente, mas sem se deixar levar pelo que sente. Você deve comandar a sua mente, e não o inverso.

 

Dessa forma seremos capaz de criar a nossa realidade!

Lembrando que somos reflexo das nossas escolhas e que cada atitude contém a consequência das consequências.

Esta é a forma de administrarmos conscientemente as nossas emoções, fazendo uso deste poderoso combustível que tanto pode nos beneficiar como nos prejudicar.

A escolha é de cada um.

Texto: Urandir Fernandes de Oliveira

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *