RG com chip inicia o controle sobre a população no Brasil

Publicado em Notícias

Em meados de 2018 todos deverão trocar suas Carteiras de Identidade pela nova com chip

 

O novo RG com chip que substituirá o atual

O governo brasileiro já iniciou os preparativos para a implantação do chip nas mãos dos brasileiros com o aval da ONU, portanto, com a concordância do governo oculto ou como muitos preferem intitular, da Nova Ordem Mundial. Não se trata de teoria da conspiração, mas de uma realidade. Primeiro começará com o chip nas Carteiras de Identidades, para num segundo passo colocar o chip na mão dos brasileiros, a exemplo do que já ocorre em alguns países e empresas que obrigam seus funcionários a serem “chipados” por questões de segurança.

O presidente da Associação Dakila Pesquisas, Urandir Fernandes de Oliveira, alerta que a população tem somente cerca de um ano e meio para usufruir de uma certa privacidade, já um pouco desbancada devido aos “smartphones” identificarem a localização da pessoa.   Segundo ele, aqueles que participarem de alguma associação com moeda social paralela poderão livrar-se do controle das autoridades sobre os cidadãos, do contrário todos serão obrigados a usar o chip até para pagar suas contas.

No Brasil tudo se acelerou após encontro do presidente Michel Temer com secretário-geral da ONU, o português Antônio Guterrez que esteve no país no final de outubro de 2017, quando foi apresentado a Temer o novo chip da ONU de identificação mundial que unifica todos os dados da pessoa, nome, data de nascimento, sexo, endereço, CPF, características físicas, assinatura, etc. O chip consegue identificar e marcar os locais visitados pela pessoa, hora de entrada e saída e muito mais, tudo controlado pelo Governo Federal e consequentemente pela ONU com uma facilidade incrível.

Chip 4
O chip já inserido na mão

O cândido objetivo da ONU é trazer a paz e a segurança para as populações, inibindo assaltos, roubos, violência, etc. Uma maneira sutil de controle, o que as pessoas fazem, suas preferências, etc. Quem desconhece os reais motivos, poderá entender que estará protegido, inclusive de atentados terroristas e das guerras. Mas isso não será assim, afirma Urandir Oliveira.  Bastará um comando no chip para que a pessoa morra como se fosse um problema de saúde comum, se o governo constatar que ela contraria os planos do governo oculto ou seja considerada uma ameaça.

Chip no país

No Brasil, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria o Documento de Identificação Nacional (DIN). O cartão terá diversos dados inseridos por meio de tecnologia de chip e irá substituir outros documentos. A proposta segue agora para o Senado, que com certeza será aprovado.

Novo RG
O novo modelo de RG aprovado

Nesse documento, que será impresso pela Casa da Moeda o Cadastro da Pessoa Física (CPF) será usado como base para a identificação do cidadão. De acordo com o projeto, o DIN será emitido pela Justiça Eleitoral, ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos, podendo substituir também o título de eleitor.

Já os documentos emitidos pelas entidades de classe somente serão validados se atenderem os requisitos de biometria e de fotografia conforme o padrão utilizado no DIN. As entidades de classe terão dois anos para adequarem seus documentos aos requisitos exigidos pelo novo documento.

Chip
O minúsculo chip antes de ser inserido na pele

O DIN será emitido com base na Identificação Civil Nacional (ICN), criada pelo projeto com o objetivo de juntar informações de identificação do cidadão com os registros das Polícias Federal e Civil. A nova identidade é uma “reencarnação” do Registro de Identidade Civil (RIC), anunciado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva em 2010. O DIN é uma nova tentativa que lembra o Registro Civil Nacional (RCN), lançado pela então presidente Dilma Roussef em 2015.

O chip brasileiro deverá ser produzido pela CEITEC, empresa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com foco no desenvolvimento e implantação de chips. Como se pode observar, trata-se do fim da privacidade do cidadão, que passa a ser totalmente controlado pelo Governo Federal.

 

Texto: Eliane do Canto

Pesquisa: Urandir Fernandes de Oliveira

1 comentário em “RG com chip inicia o controle sobre a população no Brasil

  1. With reference to our South African I.D. card:- the microchip is HIDDEN in the plastic, and can be seen when the card is held up against a strong light source (shine a light through the card).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *